sábado, 28 de agosto de 2010

Bons amigos

Pelo acontecimento da noitada de tangos, nosso amigo Nelinho nos enviou este poema, que entrego-lhes com meu carinho de sempre.
Muita paz!


Abençoados os que possuem amigos, os que
os tem sem pedir.

Porque amigo não se pede, não se compra,
nem se vende.
Amigo a gente sente!


Benditos os que sofrem por amigos, os
que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona,
nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que
entregam o ombro para chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam
Na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de
raizes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da
real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade

Estas palavras de Machado de Assís eu ofereço a todos os meus amigos deste site, os que conheço pessoalmente e aos que só conheço através da eletrônica mas que talvez, um dia, eu terei o prazer de abraçá-los.
Saudações a todos,

Leonello Tesser (Nelinho).

10 comentários:

Arthur Miranda disse...

Obrigado Nelinho, pela parte que me toca.
Eu também conheço um Machado que não é o de Assis, mas mora bem pertinho na cidade de Ourinhos, então aproveito esses versos do seu Machado de Assis,
lembrando nesse vai vem.
Do Machado de Ourinhos que é nosso amigo também.

Luiz Saidenberg disse...

Muito bonito, Nelinho. Amigo é coisa pra se guardar do lado direito do peito...
Abraços.

Miguel S. G. Chammas disse...

Nelinho, meu amigo....
Os amigos virtuais nos acalentam nas horas de solidão, mas depois, quando saem da virtualidade e entram na realidade, nos aquecem o coração e nos fazem acreditar num mundo cada vez melhor.
Obrigado por seu meu amigo!

Zeca disse...

Nelinho,
tão bela homenagem nos faz sentir todo o carinho que dedicas a todos aqueles que têm a ventura de contar com a tua amizade. Seja ela virtual ou pessoal. E isso é muito gratificante.
De minha parte, apenas uma palavra: obrigado!
Abraço.

Bernadete disse...

Nelinho,muito carinhoso de sua parte, essa homenagem usando lindos versos machadianos. Eu sinceramente,fiquei emocionada.
Obrigada pela amizade e saiba que, também tenho você em meu coração.
Um abraço e um domingo muito feliz.

Nelson de Assis disse...

Nelinho.
No tocante à bela trova de meu (?) possível parente, corroboro contigo na mensagem envolvente, que resplandece a saudade.
A virtualidade destas amizades distantes, me aproxima por breves instantes, dos amigos e de minha cidade.
Obrigado, virtual amigo. Haveremos de nos conhecer pessoalmente.

Nelson de Assis

Soninha disse...

Olá, Nelinho!

A internet também é do bem quando fazemos dela um canal do bem...
Através do grupo SPMC pudemos fazer belas amizades, entre elas a sua, de inestimável valor.
Agradeço imensamente por sua amizade e dedicação.
Por este poema de Machado meu agradecimento maior.
Valeu, amigo!
Muita paz!

MLopomo disse...

Nelinho falou uma verdade: -Amigo é aquele, que é amigo sem pedir nada em troca. Eu assino em baixo. E quando tenho amigo com essa característica, coloco num cofre fechado a sete chaves.

Laruccia disse...

Belíssimo testemunho de um verdadeiro e sincero amigo. Auguri, capo di tutti capi, Nelinho, parabéns.

Laruccia disse...

Belíssimo testemunho de um verdadeiro e sincero amigo. Auguri, capo di tutti capi, Nelinho, parabéns.