quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Acróstico Modesto Laruccia


M uitas memórias,
O u muitos "causos",
D o Modesto
E u
S empre
T erei em minha memória.
O h! Modesto, bom companheiro...

L indas histórias,
A lto astral,
R indo sempre,
U m marido exemplar,
C ompanheiro das "redondas" e
C riador de mais de o...
I tenta histórias no SPMC.
A uguri Modesto! Feliz Aniversário.


Por Berenice Rabello (Berê/Doris)

16 comentários:

Miguel S. G. Chammas disse...

O Modesto faz mesmo muitos milagres...Fez vc voltar ao nosso grupo.
Parabens velho Mo!

Luiz Saidenberg disse...

Lindo, Berê!
Nosso Modesto merece tudo isto, nos seus exemplares oitenta anos!

Falcão do Morro disse...

Mais um belo texto para nosso Modesto. a iniciativa da Soninha foi ótima. Que linda homenagem.
Abraços Berê.

suely aparecida schraner disse...

Bom demais o seu acróstico/
E ninguém vai duvidar/
Realmente, uma homenagem/
E alguém mais a poetar...

Bem-vinda, Berê!

Soninha disse...

Oieee...

Muito bacana quando, em nome da amizade e respeito, nos inspiramos para criar algo novo e bom.
Ficou ótimo este acróstico. Resumidamente nos mostra nosso querido Modesto em sua tragetória literária.
Valeu!
Muita paz!

Lia Beatriz Ferrero Salles Silva disse...

Muito interessante! O Sr. Modesto, além das qualidades que todos nós conhecemos, também é alvo de inspiração para poetisas que fazem acrósticos para ele. Pois é... esta homenagem não é para qualquer um!
Abraços à Berê e ao "muso" inspirador!

Anônimo disse...

Concordo com a Bia. O Modesto mesmo com seus oitentinhas, virou "muso"inpirador.
Parabéns a Berê, amiga e poeta e também ao festejado aniversariante.
Um abraço / Bernadete

Wilson Natale disse...

Boa BERENICE!
Um acróstico perfeito, sensível, cheio de amor fraterno.
E o LARÙ merece!
Abração,
Natale

joaquim ignacio disse...

Estive em uma luta cruel e sem fronteiras, onde não dei nem pedi quartel, com o belíssimo serviço de internet no litoral sul de S. Paulo, quer dizer, estive isolado do mundo, portanto não pude cumprimentar o sr. Modesto por seus 800 (epa!), digo, 80 anos. É um prazer ler seus textos e, ao mesmo tempo, ler seus comentários sempre embasados em bom senso e toneladas de cultura...
Parabéns, sr. Modesto...
Ignacio

Luigy disse...

Bem vinda BERE
De volta ao lar
Luigy

Luigy disse...

Bem vinda BERE
De volta ao lar
Luigy

Berê disse...

Que bom que vocês gostaram, fico feliz! O Modesto merece essas homenagens.

margarida disse...

Berê, que graça, adorei esta homenagem ao Modesto.Volte mais vezes.Um beijo.

Modesto disse...

Berenice, querida, (não acha ruim..., os "oitenta" me dá essa prerrogativa), vou me "vingar":

Bela homenagem
Ele acha que merece
Registre bem o que falo
Ele vai deixar de ser modesto
Não jogue tantos confetes assim
Insisto: vc merece esses conceitos
Conte mais suas belas histórias
E, não se preocupe,vc é formidável

o Modesto te agradece e a todos os colegas que estão correndo um sério risco, ele vai deixar a modestia de lado

Un baccio a tutti
Laruccia

Zeca disse...

.

BERENICE!

Parabéns pelo acróstico e pela bela homenagem ao Modesto!
Ele merece!

Abraço

.

Cida disse...

Eeeeeeee, que maravilha!